quinta-feira, 24 de abril de 2014

Páginas na Internet do CRBio-5 são consideradas suspeitas pelo Google

Alerta do Google sobre a página do CRBio-5
Ao tentar acessar a página na Internet do Conselho Regional de Biologia - 5ª Região, na manhã dessa quinta-feira (24), alguns Biólogos foram alertados que ela havia sido avaliada como foco de ataques pelo pelo Google.

Leia também


De acordo com o relatório do Google, se a pessoa acessar a página poderá danificar o computador, uma vez que das duas páginas do site testadas durante os últimos 90 dias, as duas continham softwares maliciosos que estavam sendo baixados e instalados sem o consentimento do usuário. O Google visitou este site pela última vez em  24 de abril de 2014, e a última vez que se detectou conteúdo suspeito foi em 23 de abril de 2014.

A segurança dos usuários do site do CRBio-5 pode estar
comprometida.
Embora o site do CRBio-5 não tenha hospedado software malicioso nos últimos 90 dias, ele foi  hospedado na rede AS28661 (HOTLINK), que hospedou sites que distribuíram softwares maliciosos. O Google encontrou nessa rede dois sites (neurolabbrasil.com.br, anavaz.com) que contaminaram três outros sites, volkigangzta.wapka.mobi, icio.us, anavaz.awardspace.com (recomenda-se não acessar esses sites).

O termo malware é proveniente do inglês malicious software (software malicioso), que é um programa destinado a infiltrar-se em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o intuito de causar alguns danos, alterações ou roubo de informações (confidenciais ou não). Vírus de computador, worms, trojan horses (cavalos de troia) e spywares são considerados malwares.

Esse alerta do Google justamente hoje, quando foi sancionado pela Presidente Dilma Rousseff a Lei nº 12.965/2014, que estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil, mas conhecida como  Marco Civil da Internet, é extremamente importante pois a prática de adicionar códigos maliciosos em páginas da Internet para a capturar de dados dos usuários configura-se como quebra dos princípios da proteção da privacidade (art. 3º, II) e da proteção dos dados pessoais (art. 3º, III).

De outro lado, se é interesse da empresa contratada para administrar o portal do Conselho Regional de Biologia - 5ª Região fazer redirecionamentos (forward), considerando as constantes mudanças no domínio, há maneiras mais apropriadas para a sua realização.

Para saber a situação das páginas do Conselho Regional de Biologia - 5ª Região com relação à distribuição de malwares acesse o link abaixo (esse é seguro):
Postar um comentário