sábado, 19 de outubro de 2013

Começa à meia-noite deste sábado para domingo o horário de verão 2013/2014

Horário de verão termina e os relógios
devem ser atrasados uma hora, nos estados
que foram atingidos pela medida.
Com o objetivo de conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, de energia elétrica, as populações das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar seus relógios em uma hora a partir deste domingo, 20 de outubro de 2013. Esse é a 38ª edição do Horário Brasileiro de Verão.

Leia também

A alteração no horário deverá acontecer em dez Estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Neste ano, Tocantins não adotará o horário de verão, como havia feito no ano passado, nem a Bahia, que adotou em 2011.

As estimativas de economia de energia para a temporada 2013/2014 são da ordem de R$ 400 milhões, valor que corresponde ao acionamento de térmicas que deixam de ser ligadas para evitar sobrecarga no sistema. Além disso, cerca de R$ 4,6 bilhões precisariam ser gastos em investimentos em geração e transmissão, caso a medida não fosse adotada, para garantir o suprimento durante o período.

A redução da demanda no horário de ponta (entre 19:00 h e 21:00 h) é de até 4,5% (2.695 MW) e a redução no consumo de energia é da ordem de 0,5%. Nos últimos dez anos, a medida possibilitou uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de maior consumo.

O Decreto nº 6.558/2008, que institui a hora de verão em parte do território nacional, determina que a temporada para ajustar os ponteiros do relógio deve começar no terceiro domingo do mês de outubro (20 de outubro de 2013), prolongando-se até o terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente (16 de fevereiro de 2014).

Postar um comentário