quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Termina à meia-noite deste sábado para domingo o horário de verão 2013/2014

Horário de verão termina no próximo domingo.
Termina, após 119 dias de vigência, à meia-noite desse domingo (16 de fevereiro de 2014) o horário de verão. Com isso, as populações das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar seus relógios em uma hora.

Leia também

Essa 38ª edição do Horário Brasileiro de Verão, que foi regulamentado pelo Decreto nº 6.558/2008, ocorreu em dez estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Neste ano, Tocantins não adotou o horário de verão, como havia feito no ano passado, nem a Bahia, que adotou em 2011.



De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), as estimativas de economia de energia para a temporada 2013/2014 foram da ordem de R$ 400 milhões, valor que corresponde ao acionamento de térmicas que deixam de ser ligadas para evitar sobrecarga no sistema. Além disso, cerca de R$ 4,6 bilhões precisariam ser gastos em investimentos em geração e transmissão, caso a medida não fosse adotada, para garantir o suprimento durante o período.

A redução da demanda no horário de ponta (entre 19:00 h e 21:00 h) é de até 4,5% (2.695 MW) e a redução no consumo de energia é da ordem de 0,5%. Nos últimos dez anos, a medida possibilitou uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de maior consumo.

O Horário Brasileiro de Verão foi adotado pela primeira vez em 1931, com duração de cinco meses. Até 1967, a mudança no horário ocorreu nove vezes. Desde 1985, no entanto, a medida vem sendo adotada sem interrupções, com diferenças apenas nos estados atingidos e no período de duração, tendo como objetivo conscientizar a população em relação ao aproveitamento da luz natural, além de estimular o uso, de forma racional, da energia elétrica.


Postar um comentário