domingo, 17 de fevereiro de 2013

Preservação do cavalo-marinho conduzido pela Professora Ierecê Rosa da UFPB é matéria da Veja

cavalo-marinho Hippocampus reidi Ginsburg, 1933 é um
dos animais brasileros ameaçados de extinção, devido
à eliminação de habitats e pesca predatória. Foto: Internet.
A Professora Bióloga Ierece Maria de Lucena Rosa, do Departamento de Sistemática e Ecologia (DSE), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que coordena a execução de projetos de pesquisa com o intuito de estudar a preservação do cavalo-marinho Hippocampus reidi Ginsburg, 1933, desde o ano 2000, é objeto de matéria da revista Veja, número 8, janeiro de 2013.

Leia também

A professora Bióloga Ierecê Lucena Rosa concedeu entrevista à revista Veja, número 8, 2013.
 
A professora Ierecê é Coordenadora do Laboratório de Peixes, Ecologia e Conservação (Lapec/DSE/UFPB), do Departamento de Sistemática e Ecologia, da Universidade Federal da Paraíba, onde estuda a preservação os cavalos-marinhos desde 2000, orientando os seguintes projetos de pesquisa:
  • Ecologia alimentar e história de vida do cavalo-marinho Hippocampus reidi Ginsburg, 1933 (Teleostei: Syngnathidae) em estuários e recifes do nordeste brasileiro
  • Biologia, parâmetros populacionais e análise do comércio de cavalos-marinhos (Teleostei: Syngnathidae: Hippocampus) no Brasil
  • Bases biológicas para conservação ex-situ do cavalo-marinho Hippocampus reidi Ginsburg, 1933
  • Análise de viabilidade bioeconômica do cultivo de cavalos-marinhos no Brasil

A professora Ierece Maria de Lucena Rosa, possui graduação em Ciências Biológicas e mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia), pela Universidade Federal da Paraíba, doutorado no Graduate Program in Zoology, da University of Alberta (1993) e Pós-Doutorado (área-focal: Conservação Marinha) na McGill University, Canadá. Atualmente é Professora Associada IV, da Universidade Federal da Paraíba. Tem como área principal de atuação a Conservação das Espécies Animais, notadamente nos temas espécies ameaçadas de peixes marinhos, conservação, peixes ornamentais marinhos, cavalos-marinhos e peixes recifais do nordeste brasileiro.

Ierecê também é membro da IUCN Red List Authority for Seahorses, Pipefishes, and Sticklebacks.

Para obter maiores informações sobre os estudos conduzidos pela Professora Ierecê, acesse o sítio eletrônico do Lapec.


Postar um comentário