quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Tartarugas-de-pente nascem em Cabedelo

Graças à incansável luta dos integrantes da Associação Guajiru - Ciência - Educação - Meio Ambiente, que mantem em execução o Projeto Tartarugas Urbanas, coordenado pela Bióloga Dra. Rita Mascarenhas, 66 tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata) nasceram hoje (13) na Praia de Intermares, em Cabedelo-PB.

Leia também


Nesses quase 11 anos de existência da Associação Guajiru, através do Projeto Tartarugas Urbanas, cerca de 50 mil pessoas, entre turistas do Estado e do mundo, assistiram ao nascimento de mais de 116 mil filhotes de tartarugas, bem como foram orientados para a necessidade da preservação do meio ambiente.

Este nascimento foi acompanhados por dezenas de turistas e admiradores que puderam ser testemunhas do excelente trabalho realizado por esta Associação. Para se ter uma ideia da grandeza de seus trabalhos, cerca de 100 ninhos, anualmente, são assistindo pelos membros da Associação Guajiru.

Para maiores informações sobre a Associação Guajiru - Ciência - Educação - Meio Ambiente acesse o sítio eletrônico www.guajiru.com.br.
 
Associação Guajiru é reponsável pela preservação das
tartarugas-marinhas na Paraíba.
Foto: Associação Guajiru/Ana Célia Macedo





As tartarugas-de-pente sentem o magnetismo terrestre e
tem seu retorno garantido na fase adulta, daqui a 30 anos.
Foto: Associação Guajiru/Clênia Batista




As tartarugas-de-pente correm para a sobrevivência.
Foto: Associação Guajiru/Clênia Batista


As tartarugas-de-pente correm para a sobrevivência,
orientadas por voluntários da Associação Guajiru.
Foto: Associação Guajiru/Clênia Batista




As tartarugas-de-pente correm para a sobrevivência e
aguardaremos seus retornos daqui a 30 anos.
Foto: Associação Guajiru/Clênia Batista


Postar um comentário