sábado, 12 de maio de 2012

ISPN publica Manual Tecnológico sobre Mel de Abelhas sem Ferrão

O Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), no âmbito do projeto FLORELOS, com o apoio da União Européia, lançou a terceira publicação da série Manuais Tecnológicos, que foi iniciada com dois importantes símbolos vegetais para a agricultura familiar e a conservação dos ambientes naturais do Cerrado brasileiro, o Pequi (Caryocar brasiliense) e o Baru (Dipteryx alata).

O terceiro volume é dedicado à importância que as abelhas nativas sem ferrão oferecem à renda das famílias de agricultores e, principalmente, à manutenção das espécies nativas.

O Manual Tecnológico Mel de Abelhas sem Ferrão foi produzido a partir do conhecimento das famílias de agricultores, povos e comunidades tradicionais e o desenvolvimento de pesquisadores, que optaram por realizar sua pesquisa-ação, para o benefício direto aos produtores familiares e, consequentemente, à rica fauna nativa das abelhas sem ferrão.

Abelha Uruçu-Nordestina (Melipona
scutellaris
) - Paraíba. Foto: Jerônimo
Villas-Bôas
De autoria do Ecólogo Jerônimo Kahn Villas-Bôas, o Manual é extremamente didático e apresenta todas as informações necessárias para aqueles que querem manter estes animais em cativeiro.

Jerônimo Kahn Villas-Bôas é Ecólogo, formado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), campus Rio Claro. Atualmente é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvmento e Meio Ambiente (PRODEMA), da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa, tendo vasta experiência na área de Ecologia, Biologia e Manejo de Abelhas, em especial Meliponicultura e caracterização do mel de abelhas sem ferrão. Atualmente é o Coordenador de Estudos Ambientais (CEA) da Superintendência de Administração do Meio Ambiente - Sudema da Paraíba.

Clique aqui e acesse a publicação [PDF, 6,64 MB].


Postar um comentário