domingo, 16 de setembro de 2012

Cinco espécies de animais brasileiros estão entre as mais ameaçadas de extinção

Macaco muriqui-do-norte (Brachyteles
hypoxanthus
). Foto: Internet.
Na última terça-feira (11), a Sociedade Zoológica de Londres divulgou a lista das 100 espécies mais ameaçadas de extinção do Planeta Terra.

Leia também
De acordo com a lista, cinco espécies brasileiras de animais estão entre as mais ameaçadas de extinção. As espécies brasileiras citadas no livro "Priceless or Worthless? The world’s most threatened species" (PDF, 9,3 MB), de autoria de Jonathan E.M. Baillie e Ellen R. Butcher, lançado no Congresso Mundial da Natureza, na Coreia do Sul, incluem o macaco muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus), o pássaro soldadinho-do-Araripe (Antilophia bokermanni), duas borboletas (Actinote zikani e Parides burchellanu) e uma espécie de preá (Cavia intermedi).

Soldadinho-do-Araripe
(Antilophia bokermanni).
Foto: Internet.
Para proteger o macaco muriqui, biólogos da Universidade Federal do Espírito Santo desenvolvem projetos para a formação de corredores ecológicos no Município de Santa Maria do Jetibá, que tem a maior cobertura de Mata Atlântica do Espírito Santo. Os corredores de matas são a esperança dos biólogos para evitar a extinção dos maiores macacos do Brasil e do continente americano.

No Ceará, está em andamento o Plano de Ação Nacional, liderado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que tem como meta a criação de uma Unidade de Conservação, numa área de 31 km² de Mata Atlântica existente entre os Municípios de Crato, Barbalha e Missão Velha, para a conservação do soldadinho-do-Araripe (Antilophia bokermani), que é endêmico nesse Estado.

Se nada for feito para protegê-las, as 100 espécies, de 48 diferentes países, serão as  primeiras a desaparecer completamente.


Borboleta (Actinote zikani). Foto: Internet.



Borboleta (Parides burchellanu). Foto: Internet.



Preá (Cavia intermedi). Foto: Internet.


Postar um comentário