domingo, 16 de setembro de 2012

MEC prepara reforma no Ensino Médio

Há algum tempo, a mídia está divulgando que o Ministério da Educação (MEC) estuda uma reforma no Ensino Médio, na qual há a proposta de criar uma disciplina única, a "Ciências da Natureza", onde seriam fundidas as disciplinas Física, Química e Biologia.

De acordo com o Professor Carlos Alberto dos Santos, aposentado do Instituto de Física da UFRGS e Professor Visitante Sênior da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em artigo enviado ao JC Email e publicado no O Jornal de Hoje, de 25 de agosto, atribui-se ao Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, a afirmação de que a mudança curricular "é uma resposta da pasta à baixa qualidade do ensino médio, especialmente na rede pública, que concentra 88% das matrículas do País".

Claro que a reforma do currículo do Ensino Médio é realmente importante e até desejável, entretanto fundir as disciplinas Física, Química e Biologia não parece ser a solução mais acertada para melhorar a qualidade do ensino dessas ciências no Brasil.

Nos atuais currículos universitários não há a formação de profissionais especializados nas disciplinas a serem fundidas (Física, Química e Biologia). Os profissinais são formados separadamente, estudando pequenos tópicos das matérias que tem interseção em sua especialidade. Por exemplo, os formandos em Ciências Biologia estudam Biofísica e Bioquímica, mas não estudam todos os aspectos dessas ciências.

Ademais, o documento "Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado: Resumo executivo", depositado no portal da Unesco [PDF, 1,4 MB], com o detalhe da proposta do MEC, esclarece que as disciplinas Física, Química e Biologia, constituem a área Ciências da Natureza, que define objetivos gerais para a área e objetivos específicos para cada uma de suas disciplinas constituintes.

Como está descrito no documento que detalha a proposta do MEC, pretende-se com esta reforma que as disciplinas sejam trabalhadas de modo integrado.


Postar um comentário