segunda-feira, 26 de março de 2012

MMA identifica municípios do Cerrado com índices elevados de desmatamento

O Ministério do Meio Ambiente (MMA), tendo em vista o Decreto de 15 de setembro de 2010, que instituiu o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas no Bioma Cerrado (PPCerrado), identificou os municípios do Bioma Cerrado com índices elevados de desmatamento, sendo considerados prioritários para a promoção de medidas e ações destinadas à integração e aperfeiçoamento das ações de monitoramento e controle de órgãos federais, ordenamento territorial e incentivo a atividades econômicas ambientalmente sustentáveis, manutenção de áreas nativas e recuperação de áreas degradadas.
 
Para a seleção dos municípios foram adotados os seguintes critérios: (a) desmatamento observado entre os anos de 2009 e 2010 superior a 25 km²; e (b) áreas de vegetação nativa remanescente superior a 20% (vinte por cento) da área do município ou presença de áreas protegidas (Terras Indígenas, Territórios Quilombolas e Unidades de Conservação).

Os municípios identificados foram:
 
Bahia
Barreiras, Cocos, Correntina, Formosa do Rio Preto, Jaborandi, Luís Eduardo Magalhães, Riachão das Neves e São Desidério.

Goiás
Caiapônia, Cristalina e Crixás.

Maranhão
Aldeias Altas, Alto Parnaíba, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriti, Caxias, Chapadinha, Codó, Coroatá, Grajaú, Parnarama, Riachão, Santa Quitéria do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São João do Soter, Timbiras, Tuntum, Urbano Santos e Vargem Grande.

Mato Grosso
Água Boa, Cocalinho, Paranatinga e Rosário Oeste.

Mato Grosso do Sul
Porto Murtinho.
Minas Gerais
Buritizeiro e João Pinheiro;

Piauí
Baixa Grande do Ribeiro, Currais, Palmeira do Piauí, Ribeiro Gonçalves, Santa Filomena e Uruçuí;

Tocantins
Lagoa da Confusão, Mateiros, Natividade, Palmeirante, Paranã, Peixe, Pium, Santa Rita do Tocantins.
 
Postar um comentário