terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Em janeiro, 18 tartarugas foram encontradas mortas na Paraíba

Apenas em janeiro de 2012, 18 tartarugas marinhas foram encontradas mortas no litoral da Paraíba pela Associação Guajiru, que há quase 10 anos acompanha a presença desses animais na orla paraibana.

Leia também

Alguém jogou lixo no mar e o animal entrou
numa argola de plástico, cresceu e seu corpo
ficou estrangulado. Foto: Internet
De acordo com informações da Bióloga Dra. Rita Mascarenhas, Coordenadora do Projeto Tartarugas Urbanas, desenvolvido pela Associação Guajiru, todas as tartarugas encontradas mortas pertenciam à espécie Chelonia mydas (tartaruga-verde), que utiliza o litoral da Paraíba para a sua alimentação.

As principais causas de mortandade de tartaruga-marinha no litoral da Paraíba são as complicações provocadas por ingestas de rede de pesca e o lixo disposto em locais não apropriados nas praias. Além de injúrias provocadas pelas linhas das redes de pesca e outros materiais plásticos.

Para a Bióloga Dra. Rita Mascarenhas, campanhas de educação ambiental que orientem os banhistas e a população de um modo geral a terem maior cuidado com a disposição do lixo nas praias, contribuiriam grandemente para a diminuição da mortalidade dessas tartarugas, que se encontram em estado crítico de sobrevivência.

Assista abaixo a reportagem veiculada na TV Correio, no programa Correio da Manhã, no dia 30 de janeiro de 2012. 
 

Vídeo: Associação Guajiru alerta sobre mortandade de tartarugas marinhas 



 
Postar um comentário